Saiba quais estruturas são necessárias para montar um bom ambiente gastronômico

Cozinhar é uma atividade peculiar. Por isso, para quem ama preparar uma boa refeição, cada detalhe é importante e todo novo utensílio é uma conquista. Se você está um pouco além do gostar e deseja transformar a culinária no seu próprio negócio, nós temos todas as informações que você precisa para começar!

Primeiro, você sabia que o processo de montagem de uma cozinha para lanchonete ou restaurante é dotado de particularidades? Fique tranquilo, são regras e procedimentos que, se seguidos de forma adequada, ajudam você a ficar em dia com a vigilância sanitária e garantir alimentos de qualidade para o seu consumidor final.

Entre os erros mais comuns, está o ato de levar componentes domésticos ao trabalho. Além também da separação equivocada dos cômodos e a disposição errônea dos materiais. Para evitar erros simples, vamos lhe dar dicas de como otimizar seu ambiente e fluxo de trabalho e, claro, enfatizando as normas regulamentadoras.

Para isso, ao começar a planejar seu ambiente, é necessário analisar todas as etapas de trabalho, desde o recebimento de mercadorias até sua distribuição ou venda. Desse modo, independente do segmento, existem áreas básicas para todos os restaurante, que são:

  • Recebimento: destinado exclusivamente à entrega e pré-higienização;
  • Estoque: local de armazenamento. Contém freezers, geladeira, câmaras frias e armários;
  • Preparo: local em que os alimentos passam pela primeira fase de manejo;
  • Cocção: local em que o prato é preparado até sua finalização. Contém fogões, fornos, fritadeiras e demais equipamentos;
  • Higienização: local de limpeza e higienização dos materiais utilizados.

Como você já deve imaginar, itens como fogões, fornos, coifas, exaustores, pias, bancadas, freezers, geladeiras, chapas, buffet, cadeiras, mesas, prateleiras, por exemplo, não podem faltar em uma cozinha profissional.

Todo mobiliário de uma cozinha profissional — incluindo utensílios e equipamentos — devem estar em sinergia com a proposta do seu restaurante e com o cardápio. Dessa forma, há algumas perguntas capazes de auxiliar na montagem da infraestrutura: Qual público eu quero alcançar? Com qual segmento do mercado vou trabalhar? Será um restaurante ou uma lanchonete? À la carte ou self-service? Por exemplo.

Entretanto, para elevar ainda mais o nível de seu estabelecimento é fundamental investir em equipamentos com melhor performance e durabilidade. Por exemplo, o aço inox é mais recomendado, já sobre plásticos, invista nos polipropileno. Mas, o principal, é sempre trabalhar com o que há de melhor no mercado e com empresas que deixem seu projeto único!

A Vaccarin é especializada em projetos para área gastronômica. Trabalhamos com um grupo de 20 empresas, cada uma especialista em sua área de atuação.

Temos a solução completa, desde a área de cozinha, mobília inox, refrigeração, coifas e sistemas de exaustão, equipamentos diversos, como forno combinado, máquina de lavar louça, máquina de gelo, processador de alimentos entre outros. Até a área de venda, como buffet, vitrines, marcenaria, mesas e cadeiras.

Realizamos consultorias técnicas e comerciais no ponto de venda dos nossos clientes! Saiba mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *